Rita Ribeiro lança este mês duologia que apresenta 22 mulheres que marcaram 200 anos de história do nosso país

   Rita Ribeiro lança este mês duologia que apresenta 22 mulheres que marcaram 200 anos de história do nosso país


Divulgação


A nação brasileira completa 200 anos de independência em 2022 e para comemorar, a escritora Rita Ribeiro lança a obra O Brasil por 22 Mulheres que Fizeram História. Dividido em dois volumes - de 1822 a 1922 e de 1922 a 2022 – Rita traz fatos, até então pouco explorados nos livros de História, e mescla a biografia dessas personagens que moldaram o Brasil com um panorama completo de vários períodos da nossa história.


Mães, irmãs, filhas, amantes, cuidadoras... esse foi o único papel da mulher na sociedade por muito tempo. Mas sempre fomos muito mais do que isso. Professoras, ativistas, cientistas, estudiosas, jornalistas, escritoras, empresárias, guerreiras, líderes... mulheres fortes que enfrentaram o machismo, o preconceito, o ostracismo e até a violência, e formaram os alicerces desse país.


A história tem sido contada majoritariamente por homens desde Homero na Grécia Clássica, mas isso não implica que os historiadores falem apenas dos homens. Essa visão cosmológica perdura até os nossos dias e no Brasil não é diferente. Mulheres historiadoras surgiram nos últimos cem anos, algumas seguiram a tradição e outras tomaram a iniciativa de renovar o relato e o registro histórico trazendo a visão da mulher. Como será a história contada sob uma perspectiva que tenha como protagonistas mulheres que marcaram a história do Brasil e do mundo?


Rita faz o leitor viajar nas histórias de mulheres como Anita Malfatti, Anália Franco, Chiquinha Gonzaga, Ana Jansen, Maria Quitéria, que enfrentaram uma sociedade machista, retrograda, e conseguiram feitos impensáveis para mulheres em suas épocas. E também Elis Regina, Bibi Ferreira, Janete Clair, artistas que até hoje são referência na cultura nacional. Ruth Cardoso e Zilda Arns, duas guerreiras pelas causas sociais. E Luiza Trajano, Gabriela Manssur, Maria da Penha, Eliane Potiguara, Jurema Werneck, mulheres à frente de seu tempo, que lutam pelos direitos das mulheres, do meio ambiente, e conquistam espaços empresariais antes dominados por homens. E tantas outras, que ainda seria possível um terceiro volume...


Essas são as nossas heroínas, personagens que muitas vezes são apagadas nos livros, nos contextos históricos e que merecem ser celebradas e homenageadas a todo tempo. São trajetórias marcadas pela inovação, pela originalidade, pela possibilidade de renovar os padrões estabelecidos, enfim, em ser ousada, em ser uma grande mulher.



Ficha Técnica


Título: O Brasil por 22 Mulheres que Fizeram História –1822 a 1922

Nº de páginas: 192

Preço:R$46,90

 

Título: O Brasil por 22 Mulheres que Fizeram História –1922 a 2022

Nº de páginas: 472

Preço: R$79,90


 

Sobre a autora:


Original de São Luís, cidade do Nordeste do Brasil, Rita Ribeiro vive em Campinas, no interior de São Paulo, desde 1979. Empreendedora e escritora, com espírito questionador e inquieto, um de seus principais interesses é o registro histórico de fatos e personagens que contribuíram para as transformações e evolução da história. Seu primeiro livro “Anna Jansen”, foi publicado em 1995, e atualmente tem mais outros quatro livros publicados: “Barão Geraldo, História e Evolução”, (2003); “Renata Pallottini cumprimenta e pede passagem”, (2006); “Fotografia e Cidadania”, (2002) e “Silvia Brandalise”, (2022). Atualmente finaliza um novo projeto, uma obra em dois volumes intitulada “O Brasil por 22 Mulheres que fizeram História”, de 1822 a 2022.


Mestra em Artes (ECA/USP), Bacharel em português e Literatura (UERJ), Especialista em Linguística Aplicada e Especialista em Roteiro de Cinema e TV (Escuela Internacional de Cine y TV/Havana– Cuba), Rita Ribeiro é atualmente diretora do In Touch, instituição fundada em 1980, que engloba a escola de idiomas e um espaço para palestras, treinamentos e eventos educacionais.

 



Post a Comment

Sejam bem-vindos à Cellebriway.
A sua Revista Eletrônica

Postagem Anterior Próxima Postagem