Descubra como estudar em Portugal com a nota do ENEM

    Descubra como estudar em Portugal com a nota do ENEM

Higor Cerqueira - Divulgação

Respirar novos ares, vivenciar uma cultura diferente e iniciar a vida em outra nacionalidade tem se tornado o sonho de muitos jovens brasileiros. Entre tantos destinos, Portugal surge como uma boa opção no cenário de imigração, já que o país europeu se aproxima da cultura do Brasil, compartilha do mesmo idioma e proporciona oportunidade de crescimento pessoal e educacional.

De acordo com dados do SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras), após um crescimento expressivo desde 2017, o número de residentes brasileiros em Portugal atingiu, em 2020, uma marca nunca antes vista: quase 184 mil, o equivalente a 28% de todos os estrangeiros no país. A crescente estatística e o desejo de conhecer o que Portugal tem a oferecer fomenta um movimento de interesse por maneiras legais de ingresso no país Europeu, mas, o que algumas pessoas não sabem, é que a solução pode estar em solo brasileiro.

Após a permissão por parte da legislação portuguesa para que universidades do país pudessem criar processos seletivos para estrangeiros, alguns acordos entre Brasil e Portugal foram estabelecidos. Por meio de trato com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os brasileiros passaram a ter a oportunidade de ingressar em instituições de ensino portuguesas utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Segundo o Estatuto do Estudante Internacional (EEI), fica permitido o uso da prova nacional de acesso do país de origem (no caso, o ENEM) para ingresso no ensino superior português mesmo sem possuir nacionalidade europeia. No entanto, após estar ciente desta informação, o tema ainda é pauta para diversas dúvidas sobre o processo a ser trilhado até finalmente alcançar a tão sonhada matrícula.


Estude em Portugal

Pensando em contribuir com a trajetória de estudantes brasileiros em solo português e sanar as tantas questões em torno do assunto, o blogueiro Higor Cerqueira iniciou o projeto chamado Estude em Portugal, que explica por meio de vídeos e conteúdos nas redes sociais detalhes do processo de candidatura em Portugal. Além de orientar o trâmite de inscrição, o brasileiro também possui conhecimento sobre o perfil das faculdades portuguesas para direcionar os estudantes às instituições de acordo com o objetivo de cada um.


“A ideia surgiu do interesse em democratizar o acesso à informação. Por isso, a nossa equipe estuda bastante sobre as burocracias e trâmites para estudar em Portugal e oferece esse conteúdo gratuitamente para os estudantes. Em 4 anos de projeto, já alcançamos mais de 3 milhões de visualizações no YouTube. Além dos vídeos distribuídos semanalmente, temos uma central de atendimento que registra quase 150 mil mensagens trocadas”, conta Higor. 

Higor Cerqueira - Divulgação

Dicas para estudar em Portugal com a nota do ENEM


Com a bagagem de conhecimento que carrega, Higor destaca alguns pontos importantes sobre como estudar em Portugal com a nota do ENEM. Confira:


1.Não existe regra!

“Eu preciso iniciar dizendo que não existe um manual, uma receita pronta para ingressar nas instituições de ensino portuguesas. De acordo com o Estatuto do Estudante Internacional, cada faculdade tem a autonomia para coordenar o próprio processo de ingresso dos estudantes internacionais. Isso quer dizer que cada faculdade possuirá a sua própria lista de documentos, o seu próprio calendário, tipos de autenticações exigidas para os documentos e muito mais. É preciso estar atento a isso”.


2.Escolha a sua maior nota no ENEM

“Caso o estudante tenha participado de mais de uma edição do ENEM, ele poderá escolher a nota que lhe convém. No entanto, existem limites diferentes em cada edital. Por exemplo, tem faculdades que aceitam somente as notas de exames realizados em até 5 anos retroativos, já outras apenas em até 3 anos. Se por acaso o resultado for igual, sugiro que o candidato utilize a nota mais recente”.


3.Esteja atento aos prazos

“Atenção porque o sistema de ensino da Europa é diferente do brasileiro! Enquanto no Brasil as aulas começam em fevereiro, na Europa o ano letivo começa em setembro e termina em meados de julho. Então, é preciso estar atento ao processo de candidatura. Para estudar em Portugal, algumas inscrições começam em janeiro. Algumas instituições ousam ainda iniciar em dezembro. Foque em não perder os prazos”.


No canal de Youtube ‘Estude em Portugal’, Higor destacou outros pontos-chaves para quem deseja iniciar uma nova jornada na Europa. Confira o conteúdo completo:


https://www.youtube.com/watch?v=EQgu0MDjIbc

Post a Comment

Sejam bem-vindos à Cellebriway.
A sua Revista Eletrônica

Postagem Anterior Próxima Postagem