Conferência Municipal de Igualdade Racial define delegados e eixos de atuação

    Conferência Municipal de Igualdade Racial define delegados e eixos de atuação


Políticas públicas foram elencadas durante evento organizado pela Prefeitura


Foto: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

O último dia da 5ª edição da Conferência Municipal de Igualdade Racial, realizado neste sábado (12), simbolizou um pontapé por melhorias para a comunidade negra de Uberlândia. Organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, por meio da Diretoria de Igualdade Racial, o evento ocorreu no Cineteatro Nininha Rocha.


Formados os grupos de trabalho, foram definidos três eixos (confira abaixo) com propostas variadas em prol de igualdade e melhorias para o cotidiano da negritude do município. Também houve eleição de representantes que trabalharão os temas junto aos podres públicos.

O tema deste ano foi “Enfrentamento ao Racismo e a outras formas correlatadas de discriminação étnico-raciais e de intolerância religiosa: Política de Estado e Responsabilidade de Todos Nós”. Estiveram presentes representante da Prefeitura e do Conselho Municipal de Promoção à Igualdade Racial, vereadores, coletivos, entidades e representantes de diversos setores.

Representantes


Entre os participantes, houve eleição de 20 delegadas e delegados que tratarão as políticas públicas junto às esferas municipal e estadual. Uma das delegadas é a presidente do Gadis, Alexia Dias.

"Estamos falando de saúde, educação, mercado de trabalho, inserção no ambiente escolar, população LGBTQIA+, idosos. São vários conteúdos que discutimos as propostas de políticas públicas que serão adotadas nos próximos quatro anos. A Prefeitura tem sido uma grande parceira e nos dado essa inserção nas políticas públicas", destacou.

As propostas de cada eixo e a lista completa de delegados ficará disponível para consulta pública na Diretoria de Igualdade Racial, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Já a etapa estadual da Conferência deve ocorrer de 2 a 6 de março.

Eixos definidos para atuação:

– enfrentamento ao racismo e às outras formas correlatas de discriminação étnico-racial, étnico cultural

– enfrentamento à intolerância religiosa e violência praticada por meio das invasões de territórios

– desenvolvimento da igualdade étnico-racial e étnico cultural pela promoção da igualdade de oportunidade


12/02/2022
Alex Rocha

Post a Comment

Sejam bem-vindos à Cellebriway.
A sua Revista Eletrônica

Postagem Anterior Próxima Postagem