Fit To Fly Net chega ao mercado nacional e internacional sendo o primeiro sistema privado a ser implantado na América Latina


 

_O software foi lançado no dia 13 de janeiro, em Salvador_

Com as aglomerações de final de ano e o avanço significativo da variante ômicron da COVID-19, que em trinta dias se espalhou da África do Sul para todo o planeta, faz-se necessário fomentar a prevenção e manter os cuidados necessários para conter o vírus mutante, seja através dos reconhecidos atos de lavar as mãos, usar máscaras e até mesmo com o isolamento social, há sempre modos de reduzir a disseminação do vírus, tais como testagem de ANTÍGENO VIRAL, que pela rapidez do resultado, permite ISOLAR os infectados e PROTEGER mais rapidamente os não contaminados.

Os testes, mesmo os mais demorados com o RT-PCR, tornaram-se exigência para comprovar o status de não-infectante, para acesso a espaços públicos, embarques em voos internacionais e cruzeiros, e para entrada e trânsito em muitos países. Felizmente, a maioria dos países já aceita os testes rápidos. Mais recentemente, o comprovante vacinal tornou-se obrigatório para entrada em bares e restaurantes em 20 capitais brasileiras. Entretanto, os comprovantes de vacinação são limitados, não informam sobre testes e anticorpos, e demonstram inconsistências de leitura, e ademais, muitos não têm senão o comprovante de vacinação em papel.

Para contornar essas deficiências, melhorar a aferição de não-infectividade e pela instabilidade de alguns aplicativos existentes, foi o criado e desenvolvido no mercado brasileiro e internacional o software VISOR fit-to-fly®, uma tecnologia franco-brasileira de ponta que promete revolucionar a área de saúde, eventos e turismo, enquanto perdurem riscos epidemiológicos.

*Lançamento* - O sistema foi lançado oficialmente em 13 janeiro de 2022 na cidade de Salvador, Bahia e permite que se verifique, através dele, todas as informações de vacinas e exames laboratoriais em um só lugar, fazendo com que seus dados sejam acessados tanto no Brasil quanto em qualquer parte do mundo. Inovador e sem riscos de fraude, o display eletrônico é seguro, à prova de fraude, e traz informações pessoais sobre vacinas e exames relacionados à pandemia, interpretadas e formatadas para acesso rápido, leitura fácil e aferição da autenticidade por QR-CODE.

Para o Dr. Estácio Ramos (médico e CEO da Startup), a plataforma fit-to-fly.net foi criada para contornar as limitações dos chamados certificados ou passaportes de vacinas criados por governos e prefeituras, que apresentam problemas técnicos frequentes, e que só informam sobre a imunização (ou seja, as vacinas aplicadas), mas omitem informações sobre a imunidade (anticorpos) e sobre os testes virais obrigatórios para viagens internacionais: RT-PCR ou ANTÍGENO, a depender do destino. O VISOR fit-to-fly® inclui o status NEGATIVO para H3N2 e pode incluir até a imunização contra a Febre Amarela, necessária para o trânsito em 36 países.
Primeiro na América Latina – “Já utilizado por numerosos viajantes em todo o mundo, e até para acesso a bares e restaurantes entre nós, o software é o primeiro e único fit-to-fly privado da América Latina”, informa Gustavo Kelsch, um dos fundadores do VISOR fit-to-fly® , que veio de Paris para o lançamento.

Considerado de alto valor social, o empreendimento une parceiros e um sofisticado algoritmo para maior segurança epidemiológica em transportes públicos, eventos, e outras bolhas humanas protegidas, bem como para trânsito em outros países.

Para conhecer mais: https://fit-to-fly.

Post a Comment

Sejam bem-vindos à Cellebriway.
A sua Revista Eletrônica

Postagem Anterior Próxima Postagem