TEATRO RIVAL REFIT COMEÇA 2022 COM ÓTIMOS SHOWS


 A programação de janeiro tem shows adiados por causa da pandemia com novas datas

O ano de 2022 entra em alto astral no Teatro Rival Refit. Afinal de contas, estamos todos merecendo grandes shows na casa que é símbolo de resistência cultural. A programação de janeiro terá MPB4, Angela Ro Ro, Blues Etílicos, 14 Bis, Biafra, além da segunda temporada purpurinada do concurso The Queen e de homenagens à gravadora Motown, com a banda Go Black cantando clássicos de astros como Michael Jackson, Stevie Wonder e Marvin Gaye, e aos Beatles com a Black Bird.


MPB4 – 57 ANOS

Dias 7 e 8 de janeiro (sexta e sábado), às 19h30

Ingressos de R$ 45 a R$ 90

O show comemorativo dos 55 anos de carreira do MPB4, que estrearia em abril de 2020 e foi adiado por causa da pandemia, marca a volta do grupo aos palcos cariocas. Nos dias 7 e 8 de janeiro, o MPB4 fará seu primeiro show no Rio de Janeiro pós-pandemia, no Teatro Rival Refit. No repertório, há canções nunca cantadas pelo grupo, como “Frevo mulher” (Zé Ramalho) e “O cantador” (Dori Caymmi / Nelson Motta). Mas é claro que não poderiam ficar de fora desse passeio pela MPB alguns clássicos que marcaram a trajetória do grupo, como “Roda Viva” e “Quem te viu, quem te vê” (Chico Buarque) e “Vira virou” (Kleiton Ramil).

“MPB4 – 57 anos” celebra também o lançamento, nas plataformas digitais, do álbum “O sonho, a vida, a Roda Viva - MPB4 50 anos ao vivo”, que deu ao MPB4 a quarta estatueta do Prêmio de Música Brasileira na categoria de Melhor Grupo de MPB. Que para o MPB4 nunca faltem motivos para festejar! Nem para continuar resistindo nessa “Roda Viva”.


DRAGSTAR JANEIRO 2022

 

Vem aí a nova temporada do DragStar! É a quinta do concurso para drags de todos os estilos e tempo de carreira. Venha conhecer as queens e ver qual delas será selecionada para continuar no concurso!

Inspirado no formato dos reality shows The Voice e XFactor, o DragStar é um show de talentos que busca encontrar a drag mais completa para receber o título de “Drag da Cidade: Rainha do Rival”. O comando é de Miami Pink, a dona de concurso mais carismática da cidade, que conta com um júri formado por Andreia Andrews, Karina Karão, Ravena Creole e Samara Rios, que serão as madrinhas das selecionadas e assumirão o papel de mentoras para as candidatas ao título. Nessa temporada cada jurada formará seu time de candidatas, que serão avaliadas pelo público e pelos jurados e também batalharão por suas vidas na competição! Em edições eliminatórias, somente quatro queens passarão para a grande final.

 


 


BANDA GO BLACK APRESENTA “MOTOWN CLASSICS”

Dia 13 de janeiro (quinta-feira), às 19h30

Ingressos de R$ 40 a R$ 80

Banda que vem se destacando no cenário carioca, Go Black apresenta o show “Motown Classics’’ no Teatro Rival Refit, no dia 13 de janeiro. O espetáculo é um tributo em homenagem à Motown Records, lendária gravadora americana que foi a maior responsável pela explosão da black music e suas vertentes, por ter lançado, no início dos anos 1960, artistas como Stevie Wonder, Jackson Five, Marvin Gaye, The Commodores e Michael Jackson. O repertório do show é recheado de sucessos desses ídolos.

Go Black é formada por Rik Oliveira (vocais e guitarra), que participou do The Voice Brasil pelo time Lulu Santos e é compositor de músicas gravadas por grandes nomes da música nacional como Ivete Sangalo, Xande de Pilares e Jorge Vercillo; Rafael Garrafa (baixo), músico, compositor, produtor da Setlist Produções e idealizador do projeto; e Marcos Feijão (bateria), que, há 20 anos, acompanha o grupo MPB4.


 

ANGELA RO RO EM “CHEIA DE AMOR PRA DAR”

Dia 15 de janeiro (sábado), às 19h30

Ingressos de R$ 40 a R$ 80

Iniciando o ano com otimismo, arte e humor, a cantora e compositora Angela Ro Ro chega ao palco do Teatro Rival Refit no dia 15 de janeiro, com o seu show em um passeio pela bossa, jazz, rock, e canções românticas que fazem sucesso e emocionam a plateia. Ro Ro encontra seu público com carinho especial e sua presença cênica, tão íntima e tão transparente. O show “Cheia de amor pra dar” é um convite ao prazer da boa música e ao contato pessoal com essa artista maravilhosa. Arte para uma vida melhor!


BLUES ETÍLICOS – 35 ANOS

Dia 20 de janeiro (quinta-feira/feriado), às 19h30

Ingressos de R$ 40 a R$ 80

Marca mais forte do blues nacional e a banda há mais tempo em atividade nesse segmento, a Blues Etílicos lança no Teatro Rival Refit, no dia 20 de janeiro de 2022, seu mais novo trabalho: o álbum “Blues Etílicos 35 Anos”, em que revisita seu repertório, incluindo duas músicas que não havia gravado: “Mandala Boogie” e “Waterfalls”. O disco foi produzido por Kassin e Pedro Garcia, e muitas das músicas escolhidas receberam novas roupagens, como “Safra 63” e “Mona’s Blues”. A brasilidade está presente no arranjo para a música tradicional de capoeira “Dente de ouro” e na canção autoral “Beco escuro”. A temática etílica está em “Puro malte” e “Cerveja”, esta parceria com Fausto Fawcett.

Desde meados dos anos 1980, a banda vem produzindo uma extensa obra autoral, além de gravar homenagens às suas principais influências, tendo lançado doze CDs e um DVD. Agora chega aos 35 anos não só como uma única banda de blues rock autoral brasileira a prosperar, mas como uma das raras bandas nacionais a manter uma tradição onde a banda é o artista, não apenas um grupo de músicos profissionais contratados por um artista. A guitarra slide de Otávio Rocha e a gaita de Flávio Guimarães remetem diretamente ao blues, seja pontuando ou através de solos eletrizantes. O baixo de Cláudio Bedran e a bateria de Beto Werther garantem o groove sólido e suingado. O vocalista e guitarrista Greg Wilson comanda com segurança e estilo próprio. Não à toa, o Blues Etílicos tem o dom de agradar os mais diversos públicos.

A comemoração dos 35 anos também vai contar com show de abertura de Alamo Leal, cantor e guitarrista que construiu sua carreira na Europa, onde residiu por mais de 30 anos.


 


SAMBA DO CARLINHOS

Dia 21 de janeiro (sexta-feira), às 19h30

Ingressos de R$ 40 a R$ 80

Carlinhos de Jesus leva, finalmente, ao palco do Teatro Rival Refit toda sua experiência no mundo do samba com o espetáculo "Samba do Carlinhos". O show, que seria apresentado em 2020 e foi adiado por causa da pandemia, traz o melhor do Carnaval Carioca e reúne 9 ritmistas de baterias de grandes Escolas de Samba do Rio, 4 músicos (cavaco, violão, trompete e trombone) com experiência internacional, 3 passistas, 1 dançarina de salão e 1 cantor, que dividem muito bem o palco com o mestre Carlinhos de Jesus. O roteiro é variado e apresenta sambas-enredo atuais, hits de sucesso de todos os tempos, música baiana, pernambucana e toda variedade da MPB.

E no comando desse time, o maestro Jorge Cardoso, conhecido no meio do carnaval como um dos melhores arranjadores dos sambas-enredos carioca.


 


BLACK BIRD COMEMORA 24 ANOS

Dia 22 de janeiro (sábado), às 19h30

Ingressos de R$ 40 a R$ 80

Criada em 1998, a banda Black Bird comemora seu 24º aniversário com um supershow no Teatro Rival Refit, em parceria com a Banca do Blues, no dia 22 de janeiro. Formada por por Xande Maio (vocal/bateria), Bruno Formidável (guitarra solo), Luís Gamma (vocal/violão), Vitor Veiga (vocal/guitarra), Daniel Castro (vocal/baixo), Alex Feitosa (vocal/teclado) e Flávio Armony (teclado), a Black Bird é muito mais do que uma banda cover dos Beatles.

O repertório do show inclui canções das duas fases dos Beatles e também das carreiras solo de cada integrante. Da primeira fase, não podem faltar “Twist and Shout”, “Help!”, “She Loves You” e “I Want to Hold Your Hand”. Mas o espetáculo mesmo acontece por conta das músicas mais complexas, como “Eleanor Rigby”, “Strawberry Fields Forever” e “I Am The Walrus”. E tem mais! “Band on the Run” e “Imagine” estão entre as canções pós-Beatles que a Black Bird executa no palco. Programa perfeito para os beatlemaníacos!




THE QUEEN – SEGUNDA TEMPORADA

Dia 25 de janeiro (terça-feira), às 19h30

Ingressos de R$ 25 a R$ 5

A esperada segunda temporada do The Queen, que estrearia no dia 25 de março de 2020, começa, finalmente, no dia 25 de janeiro de 2022. Produzido e apresentado pela drag queen Samara Rios, estrela com mais de 20 anos de carreira, The Queen é um reality de drag queens baseado em diversos reality shows de talentos, em que quatro drag queens importantes da cena LGBTQIA+ do Rio de Janeiro são as rainhas, cujas coroas são disputadas por novas drag queens.

A segunda temporada terá inovações. Uma é o novo cenário que vai dar mais emoção à competição. A outra é a chegada de uma nova jurada. A irreverente Suzy Brasil, com todo o seu talento e experiência, completará o júri ao lado do produtor Eduardo Araúju e da maravilhosa Miami Pink. Quem será a nova The Queen Brasil?


 


BIAFRA NO SHOW “PERIGOSO PARAÍSO”

Dia 27 de janeiro (quinta-feira), às 19h30

Ingressos de R$ 30 a R$ 60

O show comemorativo dos 40 anos de carreira do Biafra – que estrearia em março de 2020, no palco do Rival – foi adiado por causa da pandemia. Sem poder comemorar a data, o artista reuniu antigos e novos parceiros e voltou a compor. O fruto desse trabalho você pode conferir no show “Perigoso paraíso”, no dia 27 de janeiro de 2022, no Teatro Rival Refit. O espetáculo marca o lançamento do álbum de inéditas com o mesmo título, depois de dez anos. Mas, no repertório do show, não faltarão grandes sucessos de Biafra em novelas da TV Globo como “Helena" (“Marrom glacê”), "Vinho antigo" (“Jogo da vida”), "Seu nome" (“A gata comeu”) e "Fantasia real" (“Mulheres de Areia”), além dos megahits "Leão ferido" e "Sonho de Ícaro”.


 


14 BIS COMEMORANDO 40 ANOS DE CARREIRA COM SUCESSOS EM VERSÕES ACÚSTICAS

Dias 28 e 29 de janeiro (sexta-feira e sábado), às 19h30

Ingressos de R$ 75 a R$ 150

Os shows do grupo 14 Bis, que estavam marcados para os dias 15 e 16 de maio de 2020, foram reagendados para a alegria dos artistas, do teatro e, claro, do público. Sobretudo, os clientes que compraram ingressos para aquelas apresentações e tiveram a paciência de esperar, sendo compreensíveis e parceiros da casa.


Nos dias 28 e 29 de janeiro, o grupo 14 Bis vai, finalmente, poder comemorar quatro décadas de atividades – só interrompidas por causa da pandemia – com o show “14 Bis Acústico – Ao vivo”. Conhecida por sua originalidade ao misturar o peso do rock progressivo com a leveza e a poesia da MPB, a banda traz, para essa retomada, versões acústicas para os grandes sucessos de seus quatro primeiros discos – “14 Bis”, “14 Bis II”, “Espelhos das Águas” e “Além Paraíso”. Formado por Cláudio Venturini (guitarra e voz), Sérgio Magrão (baixo e voz), Vermelho (teclados e voz) e Hely Rodrigues (bateria), o 14 Bis tem sucessos eternizados, e os fãs, com certeza, ficarão felizes com o repertório de sucessos “desplugados”. No roteiro, estão canções como “Planeta Sonho”, “Canção da América”, “Todo azul do mar”, “Espanhola”, “Caçador de mim”, “Linda juventude” e “Bola de meia, bola de gude”. Músicas inesquecíveis para shows inesquecíveis!

Post a Comment

Sejam bem-vindos à Cellebriway.
A sua Revista Eletrônica

Postagem Anterior Próxima Postagem